quinta-feira, 29 de setembro de 2011

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

É como um céu...



É como um Céu beijar teus lábios,
É como um som.
É como o luar sentir teus toques,
É como a flor.
É como brisa sentir teu corpo,
É como o mar.
É como a vida sentir tua alma,
Alva e macia a me reclamar.
É como a morte qualquer instante
Sem te amar...

Eu sem você não sou possível.


Marcos Alderico
26/09/2011  14:17h

domingo, 25 de setembro de 2011






De tanto namorar o céu,
Aprendi amar o infinito.
De tanto temer o fogo,
Fiz-me ardente para viver
Este amor tão bonito.


Marcos Alderico
18/04/2010

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Uma gota concretista



O homem alfabetizado de ventos
Não escreve arranha-céus,
Planta beija-flores,
Cultiva répteis...
[ inútil é entender poesias]

Marcos Alderico
01/10/1996  23:05h