quarta-feira, 1 de junho de 2011

Ontem...


Sentimento que me aflora
Nessa hora,
Nesse instante,
E a música que não para
De tocar aos meus ouvidos
É o som da tua voz
Que guardei em meus sentidos
Quando falas,
Palavras e manhas
E me assanhas
Me deixas assanhada,
Assim como menina de outrora
Que, no espelho refletida, me olha
E vejo,
Revejo,
Meus seios, meus meios
Entre meios
Que já não sou mais...
E nessa hora me inflamo
Sou mulher em chamas
Me tomas!
Sorrisos e falas
Manhas e taras
Desse espelho que reflete
Meu menino que sorri
Lindo em mim.
Nessa entrega, nessa busca
palavras profanadas
Murmuradas,
Ordenadas,
Obedecidas
E sentidas
Num gozo total...


Auxiliadora RS
01/06/2011 16:21



Linhas cruzadas. Uma delicada brincadeira entre os blogs apaixonados
de Só pra você e Poesias Partidas.

4 comentários:

  1. Auxiiiiii amei!!
    Poisé não ouse tirar o ícone do Timão..rsrs

    ResponderExcluir
  2. Olá Amigo Poeta!
    Belíssima poesia, leve, sensual e apaixonadas palavras. Parabéns pelo teu espaço!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Você é o marido da Auxi?
    Ahh se for vou achar bem legal!
    Só podia vir dela esse poema todo sensacoes.

    Beijocas
    Cris

    ResponderExcluir